terça-feira, setembro 11, 2007


Tem alguém na minha janela.
Está difícil de
enxergar...
Está escuro; chove muito.
E se for a Inveja?
Tenho medo;
não vou deixar.

Tem alguém na minha janela.
Está insistindo; quer
entrar.
Estou sozinha.
E se for a Tristeza?
Tenho medo; não vou
deixar.

Não tem ninguém na minha janela.
Agora eu vejo muito bem...
Deixou um bilhete; escrito à mão.
Era a Felicidade.
Cansou de
esperar.

7 comentários:

Gabriel F. disse...

Caramba,muito bom!!!gostei muito!!!
Era só não ter medo de Ousar...
Adorei a metáfora!!!
muito legal
até mais
atualizei lá...

B. disse...

Putz... muito bom, mas muito triste.
Está tudo bem, mocinha?

Beijo meu.

Thiago Kuerques disse...

A gente sempre espera o pior
E deixa o melhor passar.

(note bem, até rimou com a poesia. Aliás, uma das melhores que li nos últimos tempos)

Beijos Miiil

Chris Rodrigues disse...

Oioioioioioioi
q saudades!!!!

BABI SOLER disse...

É...muitas vezes ela está ali e não percebemos.

Espaço legal esse aqui.

Danyel de Argolo Cardoso disse...

uma palavra, uma lição, um verbo no imperativo:

Busque!

B. disse...

Por que tão sumida, D. moça?